em Maternidade
28 mar, 2020

A INFÂNCIA E O ISOLAMENTO

Estamos vivendo tempos inimagináveis… eu sinto, frequentemente, a vontade de beliscar meu braço pra ver se não acordo, sabe? É surreal. 

Pouquíssimo tempo atrás, estava cheia de planos de viagens à trabalho. Tudo mudou. Viagens canceladas, cronogramas desfeitos e filho conosco o tempo todo… além de casa, comida, roupa, plantas, supermercado, trabalho, faxina, angústias, medos, ansiedade, esperança, desespero.  Tá assim pra mim e imagino que pra você também. Um mix de sentimentos que não tem nem como descrever direito.

Mesmo que tenhamos ritmos e realidades distintas, não dá pra negar que esse isolamento social tão necessário nesse momento, nos pegou desprevinidas. E aí é a vez do caos, mas que tem o potencial de se transformar em luz. 

Mesmo que sobrecarregada, me percebi mudando minha visão sob vários aspectos, questionando outros e equilibrando pesos e medidas. Impossível sair disso tudo da mesma forma que entramos. É preciso ressignificar, olhar pro outro, ajudar, ter empatia, olhar nos olhos dos nossos filhos e repensar, inclusive, nossa relação com eles. Existe uma grande oportunidade de mudarmos hábitos, de evoluirmos e evoluir quem está conosco, de termos mais conversas olho no olho e escolhermos focar nos pontos certos da vida, sem tantas distrações.

Não há como negar que ao conviver de maneira próxima com uma criança, mudamos nossa ótica acerca de vários aspectos da vida. Nos sobrecarregamos, mas encontramos uma leveza que nem sequer lembrávamos que existia.

E, em meio à tempos tão difíceis e sombrios elas nos dão a oportunidade de sentir um sopro de vida a todo instante. Eu me emociono demais quando olho pro meu filho e reflito sobre isso: Que potência de transformação que eles nos trazem!

Bom, voltando ao ponto de estar com uma rotina totalmente bagunçada e com uma criança em casa. Dias atrás me peguei buscando formas rápidas de inventar brincadeiras pra divertir um pouco mais os nossos dias por aqui. Já não é novidade o meu interesse por encontrar novos olhares sobre o brincar, quem me segue pelo Instagram já viu bastante isso por lá.

Eu acredito na brincadeira como uma potente ferramenta de conexão com as crianças e acredito também nos inúmeros benefícios de um brincar mais desconstruído, com brincadeiras feitas à partir de elementos da natureza e/ou da ressignificação do que viraria lixo. À medida que eu pesquisava, minha pasta de ideias aumentava, e aí, surgiu a vontade de compilar algumas dessas ideias nesse material:

… Um PDF com várias ideias de brincadeiras que podem ser feitas com o que você tem na sua casa. Quero deixar bem claro que minha ideia com esse material é te ajudar a ter novas ideias acerca do brincar. E te mostrar que é possível “adquirir” um novo brinquedo no que viraria lixo e não na loja de brinquedos. Até mesmo pq, em tempos como esse e se for possível na sua realidade privilegiada (assim como na minha), o mais indicado é não sair de casa, não é mesmo? E também é uma oportunidade excelente pra valorizarmos o que, de verdade, importa: estar junto. No coração e na presença.

Pra você, mãe, quero frisar que, de forma alguma, você precisa preencher todos os pré-requisitos da mãe perfeita que a sociedade impõe. Você nunca precisa… Tá tudo bem se você não conseguir fazer todos os brinquedos DIY pro seu filho, e precisar deixá-lo em frente à TV pra que você dê conta de cuidar da casa, da comida, do trabalho. Tá tudo estranho lá fora… tá difícil.

Precisamos buscar captar as respostas que as crianças dão com tudo o que está acontecendo agora. Muitas vezes o melhor que podemos fazer é o nada, deixando o brincar mais livre. O tédio pode ser criativo para elas (assim como é para nós). Nós todos estamos aprendendo como lidar, por que seria diferente para elas? 

Por mais difícil que seja, sabemos que a parentalidade é algo que não se dá para ter controle de muita coisa, mas, agora, estamos conhecendo ainda mais nossas crianças e pode ser imprevisível suas respostas e atitudes. Não se cobre e nem se frustre se a brincadeira que você bolou não entreteu por mais de 5 minutos.

Quem sabe você o convida pra limpar a casa com você, tirar pó, dar água pras plantas, fazer comida. Alguns dos momentos mais gostosos que eu tive com Otto aqui em casa foram assim, trabalhando pra manter a casa em ordem. Eles amam, se sentem úteis, ficam felizes demais em poder ajudar e eu te garanto que a limpeza da casa vai ficar mais divertida.

Enfim,  se não for possível usar este material agora, deixe ele aí guardadinho.

Vai passar, porque tudo passa.

E, quando os ventos soprarem as boas novas e esse turbilhão de acontecimentos tiver ficado pra trás, espero que esse apanhado de ideias faça quentinho, de alguma forma, no coração de vocês e possa embalar dias felizes de brincadeiras.

Caso você se interesse por fazer download nesse material, clique aqui embaixo, no “baixe aqui”.

 Baixe aqui

 

 

Ahhh, e não deixe de se cadastrar pra newsletter aqui do site, pra receber outros conteúdos que devem vir aí…

 

 

 

Com muito amor e desejos de novos ventos, 

Monica

 

 

 

FacebookGoogle+Pinterest
Postagem Anterior Próxima Postagem

You Might Also Like

PARA VOCÊ LER TAMBÉM

10 Comentários

  • Responder Liliane de Jesus Dutra 03 abr, 2020 at 17:01

    Tenho 04 filhos, ficar em quarentena está sendo um aventura , buscando opções para mantemos ocupados. Uso muitas dicas . Obrigado.

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 10 jul, 2020 at 17:32

      Força pra nós!
      Seja sempre mto bem vinda aqui!

      Bjinhos!

  • Responder Regiane 04 abr, 2020 at 00:50

    Que ideias genias, como eu gosto de suas dicas! Obrigada pelo carinho para conosco

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 10 jul, 2020 at 17:32

      Eu que agradeço pelo carinho! <3

  • Responder Tatiana 15 abr, 2020 at 18:43

    Que maravilha!
    Vou compartilhar com outras mamães!

    Astrologicamente estava previsto uma grande mudança nessa época. Conjunção de Plutão e Saturno.

    Época de transformação planetária, a Terra respira de novo.

    Toda vez que deixamos de olhar para dentro o Universo nos “obriga” a fazer isso.

    Essas dicas são um grande passo na nossa Reconexao com as crianças.

    Gratidão por compartilhar linda

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 10 jul, 2020 at 17:31

      Que potente! sigamos atentas! bjs, bjs!

  • Responder Helena sera zuzarte 30 abr, 2020 at 19:53

    Muito obrigada não sou mãe ainda, mais estou em processo. E comecei a te seguir por conta da dupla Sandy e Junior. Foi uma descoberta e um prazer enorme conhecer um pouco mesmo que pelos historys seu modo de viver e ver a vida. Belíssima criação a que você dá ao Otto. Sucesso e que Deus te abençoe sempre.

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 10 jul, 2020 at 17:29

      Seja sempre mto bem vinda aqui! <3

  • Responder Bruna Bonifácio 12 jul, 2020 at 18:36

    Esse isolamento tem sido MT difícil e desafiador pra mim….tenho filho de 3 anos e tbm estou me desdobrando no dia a dia. Não tem sido, fácil! Ler esse seu relato me acalmou, sabe…vi que eu não estou sozinha! Muito obrigada, mesmo!!!!!

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 14 jul, 2020 at 18:58

      Bruna… vc não está só mesmo. Acho que em cada um dos lares onde houverem filhos existem mães “em apuro”nessa fase… tá difícil e desafiador mesmo. Mas vai passar! Sigamos juntas! <3

    Responder