Todos os posts por

Monica Benini

Decoração

Meu amor por… Lavabos!

Todo mundo tem uns gostos “estranhos”, né? Eu amo decoração, acho que isso todo mundo já sabe, mas não imaginam que um dos cômodos que mais acho incrível buscar por inspirações de decoração é o… Lavabo! Sim, o lavabo. O lavabo é sempre tão esquecidinho, mas eu sou apaixonada…adoro a sensação de ser surpreendida ao entrar em um! E pela quantidade de decorações incríveis que encontro pelo Pinterest, imagino que não seja a única. Como pode um lugar tão pequeno (geralmente o menor da casa), conseguir comportar tanto charme?

lavabo 02

lavabo 03

lavabo 04

Olha as cores Pantone 2016 ali na direita!

Lavabo 05

lavabo 01

O banheiro da direita é de um lugar que amo aqui em SP, o “Le Manjue”

Bom, amo lavabos. E amo Frida Kahlo. Aparentemente essas duas paixões não têm muito a ver uma com a outra, certo? Errado. Dei um jeito de ter um lavabo da Frida, sim! hahaha. Ouso dizer que é um dos meus cômodos favoritos aqui de casa! <3

lavabo 06

Para que pés, se tenho asas para voar?

Para que pés, se tenho asas para voar?

lavabo 07

Alguém ainda consegue dizer aí que lavabo é sem graça? Não, né?

Inspiração

Rosa Quartzo & Serenity

A pantone elegeu “rose quartz” e “serenity” como as cores de 2016. A escolha foi por identificarem um consciente coletivo buscando por bem estar, paz, tranquilidade e serenidade. E é exatamente isso que essas cores trazem.

Um dos meus hobbies é passear pelo Pinterest pra me inspirar e separei algumas imagens com o tema da Pantone pra dividir a inspiração com vocês. imageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimage

No fim, depois de ver essas imagens, a gente fica até mais feliz, né? <3

Meio Ambiente

A ilha de lixo no Pacífico

Dia 8 de junho, antes de ontem, foi o dia mundial dos oceanos. E a vontade que eu tinha era de fazer um post como esse que já fiz, só pra reafirmar meu amor pelo mar, mas infelizmente é preciso alertar pra uma coisa mais triste, mais feia, mas muito necessária: a poluição dos oceanos.

No meio do Oceano Pacífico existe uma ilha com mais de 4 milhões de toneladas de lixo, a maioria lixo plástico – garrafas, embalagens, sacolas plásticas, redes de pesca, etc… Apenas 20% desse lixo vem dos navios, 80% vem dos continentes e acumula nesse espaço que já tem o tamanho maior que duas vezes o estado de São Paulo.

É forte, mas é isso que o lixo plástico em nossos oceanos causa. A morte de milhares de aves, algumas espécies já estão em extinção. O mesmo acontece com os peixes que confundem o lixo com comida.

É forte, mas é isso que o lixo plástico em nossos oceanos causa. A morte de milhares de aves, algumas espécies já estão em extinção. O mesmo acontece com os peixes que confundem o lixo com comida.

A ilha de lixo, ou 7º continente como é chamado, foi descoberta em 1997 e fica entra as costas da Califórnia e Havaí. Ela é objeto de muitos estudos desde sua descoberta e impacta a vida de muitas espécies marinhas. Estima-se que exista 18 mil pedaços de plástico flutuando pra cada um quilômetro quadrado de oceano. O número é assustador. Apesar de já ter a atenção de muitos cientistas e ambientalistas, o problema ainda não tem a atenção necessária por parte das autoridades, já que é um trecho pouco importante para a economia e para a navegação. Quando vamos parar de olhar pros nossos umbigos e bolsos e vamos começar a nos importar de verdade?

save-our-oceans-tour

A gente vive a era do descartável. É mais “prático”, mas é uma violência contra a natureza. Os filtros de pano de café estão cada vez mais perdendo espaço pra cápsulas de plástico – milhares, milhões delas! É mais fácil fazer festas com garfos, copos e pratos de plástico do que sujar mil louças e ter que lavar depois. É só jogar fora… Mas a gente esquece que não existe fora. Estamos jogando dentro do planeta, o mesmo planeta que a gente vive. Não é só porque não vemos que o lixo não está lá… O que você está fazendo para deixar uma Terra melhor pras próximas gerações? Será que não estamos indo longe demais tomando decisões baseadas somente na nossa conveniência e ignorando completamente os danos que estamos causando ao nosso meio ambiente? Nossos rios, nossos oceanos, o ar que a gente respira, a camada de ozônio… Estamos fazendo o que podemos?

Inspiração

Casais do mundo

Já que daqui 5 dias é dia dos namorados, achei válido um post pra entrar no clima de romance. Fiz uma listinha de casais que geralmente a gente lembra quando fala de casais marcantes. Se eu deixei passar algum, deixa nos comentários! Vou amar atualizar a lista com as sugestões de vocês.

Sid Vicious e Nancy Spungen

sid nancy

O casal punk dos anos 70 que acabou com a morte trágica e nunca 100% explicada de Nancy. Eles já inspiraram filmes, músicas, livros, animes e até episódios dos Simpsons. Entre tapas e beijos, formaram um dos casais mais icônicos da época e são lembrados até hoje.

Paul McCartney e Linda McCartney

RAM_GenPress_2_cr_1970_PaulMcCartney_photog_unidentified

Casados em 1969, ficaram juntos por quase 30 anos, até a morte de Linda (vítima de câncer de mama). Os dois tiveram 3 filhos e foram um dos casais mais admirados da música. Ela era uma fotógrafa incrível – os registros de família são maravilhosos – e ativista animal. Os dois, juntos, levantaram a bandeira do vegetarianismo.

John Lennon e Yoko Ono

csk_8690_0094

John disse que, apesar de cantar sobre amor, só soube o que amar significava ao conhecer Yoko Ono que, por sua vez, tinha 32 anos na época e já não tinha a menor esperança de conhecer o amor de verdade. Eles viveram um romance intenso que foi, muitas vezes, apontado como responsável pelo fim dos Beatles. Recentemente Paul McCarteney se redimiu publicamente dizendo que os Beatles já caminhavam para um fim, independente da presença de Yoko. Ficaram juntos até que a morte de John os separassem, em 1980.

Bonnie and Clyde

Bonnie a

Bonnie and Clyde em uma adaptação para o cinema de 1967

Bonnie and Clyde formaram um casal de assaltantes e assassinos que assombrou o interior dos EUA no final da década de 20. O casal ficou tão conhecido que ganhou filmes e séries baseados em sua história.

Jane Birkin e Serge Gainsbourg

Serge13

Com uma diferença de 18 anos de idade, Serge e Jane viveram um romance de 12 anos.  Ele francês, ela inglesa. Marcaram a década de 70 com seus ensaios fotográficos ousados e liberais. Gravaram um álbum juntos e tiveram uma filha, a Charlotte. Talvez eu volte em algum momento pra dividir mais fotos dos dois, vale a pena!

Beyoncé e Jay-Z

beyoncejayz

Eles dispensam comentários e apresentações. O casal mais poderoso do show business!

Frida Kahlo e Diego Rivera

fridadiego

Um romance turbulento e muito artístico. Diego e Frida viveram momentos difíceis e momentos de sucesso lado a lado. Algumas confusões e muitas manifestações de arte marcaram o relacionamento dos dois e a arte deles marcou a história do mundo.

Helena Bonham Carter e Tim Burton

LONDON, ENGLAND - JUNE 06: Director Tim Burton and his wife Helena Bonham Carter arrive for the Philips British Academy Television Awards at the London Palladium on June 6, 2010 in London, England. (Photo by Samir Hussein/Getty Images) *** Local Caption *** Tim Burton;Helena Bonham Carter

O casamento de 13 anos de Tim e Helena chegou ao fim em 2014, mas os filmes que fizeram juntos (ele como diretor e ela como atriz), vão ficar pra sempre na história!

Barack Obama e Michelle Obama

barack-obama-michelle-sxsw-keynote

Presidente dos Estados Unidos e sua fiel companheira. Provavelmente o casal mais poderoso do mundo!

Kurt Cobain e Courtney Love

KurtCobainCourtneyLove

Considerados Sid e Nancey dos anos 90, a vida de Courtney e Kurt foi bem tumultuada e também terminou com uma morte não muito bem esclarecida de Kurt. O casamento dos dois foi rodeado de muita polêmica e tiveram uma filha, a Frances. Apesar de toda a atmosfera negativa em torno deles, fora um dos casais mais marcantes da década.

Romeu e Julieta

Adaptação de 1968 para o cinema

Adaptação de 1968 para o cinema

Romeu e Julieta é, talvez, o casal mais famoso do mundo! É uma tragédia de William Shakespeare escrita em 1591. Duas famílias que, antes se odiavam, foram unidas pela morte de Romeu e Julieta. São incontáveis as adaptações pra TV, cinema, teatro e literatura.

Monica Benini e Junior Lima

Monica + Junior55

Porque não sei falar do amor sem falar da gente…

Filmes

Old Boy – Dias de Vingança

Old Boy é um filme de 2003 de nacionalidade sul-coreana. Baseado no mangá que leva o mesmo nome, foi uma produção que chocou os críticos na época e é, até hoje, um dos filmes que sempre recomendo pra quem ainda não viu. O filme gira em torno de Oh Dae-su que ficou trancado por 15 anos em um quarto de hotel sem entender o porquê e quando sai, está obcecado por vingança.

tumblr_mpmwy37ery1sz7asho1_1280

Oh Dae-su é casado e é sequestrado no aniversário da sua filha de 3 anos. Ele, que já tinha era conhecido da polícia por beber demais, passa a viver dentro de um quarto com apenas uma televisão e alguns cadernos em branco. Um gás é solto dentro do quarto diariamente no mesmo horário para que ele durma.  Em um dado momento, descobre pela TV que sua mulher foi morta e ele é o principal suspeito do crime. Quando ele é solto, a trama fica desesperadoramente empolgante. Muita luta, algumas pessoas no meio do caminho – inclusive uma chef com quem se envolve e muito sangue marcam essa produção que é impressionante!

tumblr_mpmwy37ery1sz7asho4_1280

A vingança é o tema central do filme e a temática é tratada de forma muito crua e perturbadora. Ao descobrir quem está por trás do sequestro, é impossível não ficar com os olhos arregalados e soltar uma expressão forte! Tenho medo de falar de filmes e acabar soltando detalhes que são cruciais pra experiência, então não vou me alongar muito. Só posso garantir que é surpreendente! Quem está menos acostumado com cenas de violência em filmes, pode sentir vontade de cobrir os olhos em algumas cenas bem fortes, mas garanto que vale a pena insistir e ver até o fim.

capas

O filme ganhou uma versão dirigida por Spike Lee em 2013, mas nunca tive interesse em assistir. Recomendo que assistam o original. Old boy é o segundo filme de uma trilogia, mas funciona independentemente. Nunca vi o primeiro (Mr. Vingança) nem o terceiro (Lady Vingança). Se alguém aí não assistiu e for assistir por causa desse post, depois volta pra dividir comigo, combinado?

tumblr_mpmwy37ery1sz7asho6_500

Pintura

O minimalismo de Agnes Martin

Agnes Martin foi uma artista canadense nascida em 1912 que atuou fortemente dentro do movimento expressionista abstrato. Sua linguagem minimalista é o que me desperta a maior identificação como artista e designer. Suas obras eram um mergulho no interior, no silêncio e na discrição. Agnes tinha esquizofrenia e após alguns meses internada em um hospital psiquiátrico,  optou pelo tratamento com choques elétricos, brutal, mas muito comum no século passado. Era uma feminista declarada e, apesar de nunca ter declarado publicamente, alguns artistas próximos afirmavam que ela era homossexual. Agnes Martin era uma pioneira em seu tempo, tanto na vida pessoal quanto profissional e artística, pois foi uma mulher ativa e ousada para a época que era ainda mais dominada pelos homens. Adepta do budismo, suas artes passam uma tranquilidade que, provavelmente, é fruto desse lado zen de Agnes.

agnes_martin

Agnes Martin

AM 01

Agnes MartinAM 02

Obras de Agnes Martin no Tate

Obras de Agnes Martin no Tate

a4a0c831bfda7796a59489cabed8b294

Quero esse livro <3

left1_box1500x1500

O que mais me encanta em trabalhos minimalistas é a ilusão de que é um trabalho simples e superficial que qualquer um faria. Acertar com mil recursos é relativamente fácil, difícil mesmo é fazer trabalhos incríveis com pouco. Como disse Clarice Lispector uma vez: ser simples é ser incrível!

Arquitetura

Urban Lights de Chris Burden

Chris Burden foi um artista americano amplamente conhecido por suas performances, esculturas e instalações. Morreu ano passado aos 69 anos e acredito que de todas as suas maravilhas feitas em Terra, minha preferida é “Urban Lights”, instalação que está na entrada do LACMA (Los Angeles County Museum of Art). Em 2008 Chris garimpou 202 postes de luz das décadas de 20 e 30 que estavam pelas ruas do Sul da Califórnia. Hoje restauradas, embelezam a entrada do museu e suas luzes alimentadas pelo Sol se acendem ao anoitecer.

880x0_p18ln37huv58s13tp201fbvqbi3

São 17 estilos diferentes de postes que variam de 6 a 9 metros de altura. A forma que os mais de 200 postes formam lembra a dos clássicos templos gregos. Instalado em 2008, Urban Lights já é considerado um símbolo de Los Angeles.

Locação escolhida por muitos noivos para fotos.

Locação escolhida por muitos noivos para fotos.

Nenhum fotógrafo resiste

Nenhum fotógrafo resiste

21547561124_41404b4204_b

Urban Light, Los Angeles County Museum of Art, LACMA

Urban-Light1

Esse vídeo dá uma ideia mais completa da beleza que é a entrada do LACMA:

Uma instalação sobre a história da iluminação urbana que entrou pra história das instalações. <3

 

Escultura

A onda de vidro de Baptiste Debombourg

“The mind is everything. The material is the servant of spiritual.”

(R.Martin Gard)

A instalação “Aérial” do artista francês Baptiste Debombourg é uma obra-prima!  O escultor é conhecido pelos seus trabalhos com materiais comuns ao dia-a-dia de todo mundo. Nessa instalação apresentada no Abbey’s Column Hall, o vidro é o protagonista e simula uma onda que invade as janelas levando consigo a luz do ambiente exterior para o interior. Baptiste descreve a experiência de suas instalações como espiritual. A desconstrução é marca registrada dele. 

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-4

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-5

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-8

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-10

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-12

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-2

Aerial-by-Baptiste-Debombourg-yatzer-1

Incrível, né? <3

Beleza

A importância da esfoliação e os cuidados com a pele

A pele é o nosso maior órgão, mas muitas vezes não damos tanta atenção quanto essa parte tão importante do corpo merece. Muitos só olham para ela pensando em cobrir de maquiagem, mas algo vem mudando entre as brasileiras: o cuidado. E são muitos os fatores que deixam a pele do rosto, nosso foco nesse momento, saudável, iluminada e uniforme, mas vamos começar com a esfoliação.

Para iniciar o papo, esfoliação é o processo de remoção do excesso de células mortas, estimulando a renovação celular. Seus principais benefícios são:

– Renovação celular
– Rejuvenescimento
– Controle da acne
– Prepara a pele para receber e absorver melhor outros produtos
– Melhora a circulação sanguínea local

Os principais tipos, do mais intenso para o mais fraco:
– Mecânica (dermoabrasão e microdermoabrasão)
– Químico profissional
– Ácidos
– Enzimáticos
– Esfoliantes com pequenas partículas (açúcar, sal, conchas, sementes, etc)
– Toalhas esfoliantes
– Escovas sônicas

Quanto mais leve, mais constante pode ser o método. Mas na dúvida, consulte um especialista. O excesso de esfoliação não é benéfico, muito pelo contrário, pois pode sensibilizar e ferir a pele. Escovas sônicas e toalhas esfoliantes (toalha convencional, mas com tamanho reduzido para uso no rosto) podem ser usados diariamente, por exemplo, para higienizar e remover completamente a maquiagem.

Sempre lembrando que independente do método aplicado, proteja a pele da poluição, raios do sol (quanto mais abrasivo o esfoliante, mais longe do sol você terá que ficar e por mais tempo, para evitar danos e manchas). Renovando a pele do rosto e estimulando sua vida você precisará de muito menos base ou BB Cream para ter uma pele linda e uniforme, o que significa maior liberdade e looks naturalmente belos.

Estética é saúde, carinho e cuidado!

Esteticista há mais de 30 anos, formou-se em Estética Facial com o Dr. Ng Payot e Corporal pelo Senac-SP, Cosmetóloga pela Faculdade Anhembi-Morumbi (SP) e Especialista em Estética Ortomolecular com Heloisa Bernardes e pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso.

Esteticista há mais de 30 anos, formou-se em Estética Facial com o Dr. Ng Payot e Corporal pelo Senac-SP, Cosmetóloga pela Faculdade Anhembi-Morumbi (SP) e Especialista em Estética Ortomolecular com Heloisa Bernardes e pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso.

Design

A tipografia de Herbert Bayer

Herbert Bayer, nascido em 1900 na Áustria, foi um diretor de arte, arquiteto, fotógrafo, ilustrador, artista gráfico e pioneiro do Modernismo no design norte-americano e europeu. Entre 1921 e 1923, foi aluno da Bauhaus na Alemanha e teve aulas com grande nomes da arte mundial como Kandinsky e Moholy-Nagy. Dois anos após deixar a Bauhaus como aluno, o então diretor Walter Gropius o convidou para integrar o corpo docente da escola para dirigir a Oficina de Tipografia e Publicidade. Lá ficou, então, desde 1925 até 1928 quando decidiu seguir carreira de designer freelancer. Foi diretor da revista Harper’s Bazaar, expôs no MoMA, entre muitos outros grandes feitos. Herbert deixou um grande legado pro design gráfico e pra tipografia e sempre vai ser uma das maiores referências da área.

Sturm Blond: uma de suas fontes mais incônicas.

HB 02


tumblr_nmedudNpim1rjaf4ko3_1280

tumblr_nmedudNpim1rjaf4ko6_500

HB 03

HB 04

Collection-of-work-from-Herbert-Bayer-image10

Muitas das referências que temos de fontes, tipografia e design gráfico, ainda são de origem em 1920 com a irreverência de Herbert Bayer. Quem faz a diferença, faz a diferença…