em Alimentação
09 ago, 2018

BIOMASSA DE BANANA VERDE

Talvez a maioria por aqui já tenha ouvido falar, ou até já provaram, mas não sabem ao certo pra que serve e quando utilizar. Esse foi um tema sugerido para a nossa próxima matéria por aqui, após a Mônica ter compartilhado algumas dicas sobre a introdução alimentar do Otto. Eu, particularmente, acho a biomassa de banana verde um “santo remédio”, muito versátil, fácil de encontrar e preparar, além de ser uma alternativa barata!         A banana verde é considerada um alimento funcional devido aos seus inúmeros benefícios, que vão além de suas funções nutricionais básicas. Quando cozida, ainda verde, apresenta alto conteúdo de amido resistente, que possui efeito similar ao da fibra alimentar por não ser digerido e absorvido no intestino delgado, sendo fermentado somente no intestino grosso. Isso favorece a proliferação de bactérias benéficas para o nosso intestino, além de manter a integridade da mucosa intestinal responsável pela absorção adequada dos nutrientes e pela barreira da entrada de substâncias maléficas. No caso dos bebês, o cuidado com a introdução alimentar é muito importante, já que a flora intestinal esta se “moldando”, e o uso da biomassa é muito interessante para auxiliar nesse processo!   Olha só tudo o que ela pode fazer por sua saúde:
  • Auxilio no trânsito intestinal;
  • Prevenir quadros de diarreia e constipação;
  • Prevenir desenvolvimento de doenças como câncer de intestino;
  • Gera saciedade.
  Mais propriedades:  
  • Contém baixo IG (índice glicêmico), ou seja, sua digestão e absorção são mais lentas. Com isso, a quantidade de glicose liberada no sangue ocorre gradativamente, mantendo os níveis no sangue controlados, sem a necessidade de liberação excessiva de insulina para que esta glicose entre na célula, contribuindo então para a prevenção do desenvolvimento de diabetes;
  • Possui concentrações consideráveis de potássio, fibras, sais minerais, vitamina B (B1 e B6), βcaroteno (pró-vitamina A) e vitamina C.
  A biomassa cozida é muito utilizada no preparo de bolos, biscoitos, pães e outras massas, sucos e vitaminas, além de ser excelente ingrediente para engrossar preparações, dar liga e muito mais. Conseguimos adicioná-la em tudo, praticamente, pois não possui gosto de banana. Pode parecer brincadeira, mas a biomassa de banana verde não têm sabor! Para os pais leitores, vale saber que não tem contra indicação, apenas respeite o período correto de introdução alimentar e consulte o seu nutricionista para te ajudar.     Como preparar a biomassa   Para o preparo da biomassa é essencial que o cacho da banana seja bem verde, recém colhido. Hoje em dia encontramos facilmente em feiras de rua orgânicas, por exemplo. Antes de iniciar, é importante que você corte as bananas bem próximas ao “talo”, para que não abram durante o cozimento. Escolha a quantidade de bananas que caiba dentro da sua panela de pressão. Vamos lá:
  1. Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja e enxágue bem;
  2. Em uma panela de pressão acomode as bananas, despeje água fervente (para criar choque térmico) até cobri-las completamente, feche a panela, ligue o fogo e deixe cozinhar (com casca);
  3. Quando atingir a pressão, abaixe o fogo e deixe ferver por oito minutos. Depois desligue o fogo e deixe que a pressão saia naturalmente, continuando a cozinhar as bananas.
  4. Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela; vá aos poucos tirando a casca da polpa;
  5. Coloque a quantidade desejada da polpa cozida quentíssima no processador, ou liquidificador, e processe até obter uma pasta bem espessa;
  6. Coloque a polpa em forminhas de gelo e leve ao freezer. Após congelar, retire da forma e guarde os cubinhos em um saco. Essa polpa pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador. Utilize um cubo por dia, por pessoa =)
    Creme de cenoura, gengibre e biomassa   Ingredientes 2 colheres de sopa de azeite 1 cebola média picada e 4 dentes de alho picados (ou use apenas por temperos secos e especiarias) 1 colher de chá de gengibre picado ou ralado 900 g de cenouras descascadas e fatiadas Água para cozinhar Salsa fresca (opcional) Sal e pimenta a gosto Temperos secos e especiarias à gosto 4 cubos de biomassa de banana verde (descongelados)   Modo de preparo Em uma panela grande, aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar transparente. Adicione o alho e o gengibre e refogue por 2 minutos. Adicione a cenoura e a água deixe ferver. Reduza para fogo baixo e tampe. Cozinhe de 10 a 15 minutos, mexendo a cada 5 minutos. Se precisar, adicione um pouco de sal e pimenta do reino a gosto. Continue a cozinhar até que as cenouras fiquem macias, perfure com o garfo para ver o ponto certo. Despeje as cenouras, os cubos de biomassa, temperos secos e água no liquidificador, bata até que vire um creme homogêneo. Dose a água de acordo com a consistência desejada. Decore com a salsa e sirva em seguida.   Gostaram? Compartilhe com a gente as suas experiências por aqui!   Carol       Aproveitando o post da Carol, vou adicionar aqui uma receitinha que eu preparo pro Otto, porque sei que vocês adoram esse assunto 🙂     Bolinho de Grão de Bico com Abóbora   Ingredientes: 1/2 xícara de rúcula 4 colheres (sopa) de grão de bico bem cozido 4 colheres (sopa) de abóbora cozida 2 colheres (sopa) de biomassa de banana verde 2 colheres (sopa) de farinha de arroz integral 1 colher (sopa) de azeite ou óleo de coco   Modo de Preparo: Cozinhe a rúcula no vapor até murchar e pique bem. Reserve. Amasse o grão de bico junto com a abóbora. Adicione a biomassa de banana verde, a farinha e o azeite/óleo de coco. Misture bem e modele pequenos croquetes. Leve ao forno pré aquecido até que fique sequinho por fora.     Até logo!   Com amor, Mônica.        
FacebookGoogle+Pinterest
Postagem Anterior Próxima Postagem

You Might Also Like

PARA VOCÊ LER TAMBÉM

2 Comentários

  • Responder Mari de Fortaleza 09 ago, 2018 at 14:59

    Huuummmm…. Vou preparar pro meu Liam!
    Mô, será que só eu no mundo que não sabia que podia comer banana verde? Minha mãe disse que mata. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Não sabia desses benefícios, vou até coloca pra ela ler também.

    Pausa no comentário pra dizer que ESSA BOCA DO OTTO É ctrl C+ ctrl V do JÚ.

    Voltando…
    Obrigada pela partilha gratuita conosco.
    Já compartilhei entre amigas .

    Um abraço =*

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 10 ago, 2018 at 11:35

      Oi Mari!
      Obrigada pelo carinho! Faça a biomassa, ela tem uma série de benefícios para a saúde!
      Abraços

    Responder