em Viagem
03 abr, 2018

ROTEIRO DE VIAGEM: LISBOA

Eu que não conhecia Portugal, estava curiosa demais por colocar meus pezinhos em solo português. O destino está entre os queridinhos do momento, eu estava doida pra entender o porquê. Escolhemos um período não muito feliz em relação ao clima, pegamos chuva quase diariamente, mas devo dizer que entendi o encantamento que Portugal vêm provocando. Nos fixamos em Lisboa, a fim de explorar muito a cidade e os arredores. Foi nossa primeira viagem com o Otto e, em respeito ao tempo dele, não pensamos em um ritmo enlouquecido de programação. Eu adorei Lisboa e confesso que fiquei morrendo de vontade de pisar por lá em outra época do ano, ver a cidade ensolarada, com mesas ocupando as calçadas e a vida boêmia ainda mais ativa.

Quem me acompanha pelo Instagram deve ter visto as dicas que eu fui dando por lá enquanto estávamos viajando, mas resolvi preparar esse post pra deixar registrado de forma mais detalhada aqui e também pra compartilhar as fotos que acabei não postando por lá. Devo dizer que, com o sucesso do meu último post aqui no blog, recheado de fotografias, decidi compartilhar mais clicks sempre que puder. (feliz de ver que essa minha paixão agrada tanto vocês <3)

Bom, vamos ao que interessa:

 

MUSEUS

Quem me segue a algum tempo aqui vai entender o fato de minha lista começar pelos museus. Não visitei todos porque, como disse, pretendo voltar à capital portuguesa, mas achei pertinente listar vários deles pra quem estiver com viagem marcada pra lá.

 

  • MUSEU COLEÇÃO BERARDO – Um dos meus “favorite spots “da viagem toda. Fiquei encantada com tudo por lá. Desde o vasto acervo de arte Moderna e Contemporânea, até o prédio que abriga o museu. Localizado em Belém, Lisboa, abre todos os dias e têm entrada franca aos sábados.

 

  • MUSEU DE ARTE, ARQUITETURA E TECNOLOGIA – Inaugurado em 2016, o MAAT surgiu com o intuito de trazer frescor ao cenário cultural de Lisboa. Em um prédio estonteante, desenhado pelo Atelier de Arquitetura Amanda Levete Architects, o prédio fica às margens do Rio Tejo. O MAAT traduz a ambição de apresentar exposições nacionais e internacionais com a contribuição de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos.

 

 

 

Pontos Turísticos:

 

Eu não sou muito o tipo de pessoa que sai correndo de ponto turístico em ponto turístico durante uma viagem. Visito alguns, mas também gosto de ir deixando rolar, sabe? Então vou contar aqui alguns que visitamos e que gostei bastante, mas a lista poderia ser bem maior.

 

  • MOSTEIRO DOS JERÔNIMOS – Construído em meados de 1501, o Mosteiro faz parte do Patrimônio Mundial da Unesco. O mosteiro é de uma beleza ímpar, pra quem gosta de história, existe uma exposição que conta direitinho toda a história do mosteiro e o que aconteceu por lá desde que ele começou a ser construído.

 

  • TORRE DE BELÉM – Localizada no bairro Belém, a Torre de Belém foi construída em 1515 e servia de fortaleza e ponto de partida dos navegadores para as rotas de comércio. Localizada às margens do Rio Tejo, foi forte símbolo da expansão e do crescimento de Portugal. No dia em que fomos estava ventando muito, um vento bem gelado, agasalhamos muito o Otto, mas mesmo assim optamos por não subir na torre. Eu imagino que a vista de lá de cima deve ser linda.

 

  • CASTELO DE SÃO JORGE – Localizado em Alfama, um bairro típico e badalado de Lisboa e ao lado do Miradouro de Santa Luzia, o Castelo de São Jorge é uma construção que se iniciou em 1147 quando o Rei Afonso Henrique reconquistou Lisboa dos Mouros, assim transformando a terra em residência dos reis portugueses. O Castelo possui uma bela vista e jardins onde é possível apreciar a vista de Lisboa, pegamos o fim de tarde ali e foi maravilhoso. A foto abaixo é de um mirante que fica aos pés do Castelo… têm um vista linda, linda!

 

  • FEIRA DA LADRA – O mercado de pulgas a céu aberto mais tradicional de Lisboa. Parada obrigatória pra quem curte antiguidades e um bom garimpo. Acontece no Campo de Santa Clara, todas as terças feiras e sábados, com horário variável de acordo com o clima. Vale dizer que  o Campo de Santa Clara está muito perto do histórico Bairro da Graça. Suba a pé pela Rua da Verónica ou se estiver mais perto da Igreja de S. Vicente, pela Rua da Voz do Operário. A Graça é como se fosse uma pequena aldeia dentro da cidade, cheia de predinhos antigos e como o próprio nome diz, cheia de graça. Funciona terças e sábados.

 

  • LX FACTORY – Dos meus lugares favoritos de Liboa. Na área de 23.000 metros quadrados, antes funcionava um complexo industrial. Hoje em dia é  ocupada por diversas empresas e profissionais da indústria, restaurantes, lojas e bares. Ali acontece um leque enorme de eventos na área da moda, publicidade, comunicação, arte, arquitetura e música. Tudo isso num ambiente super industrial, uma verdadeira fábrica de experiências.

 

  • VILLAGE UNDERGROUND – Um espaço de coworking e colaborativo, uma comunidade criativa em Lisboa. Essa atmosfera do VU já é sentida ao pisar lá. Construído de forma muito original, a partir de containers e ônibus que foram transformados em cafeteria, sala de reuniões e etc. Tem até uma pistinha de skate. Vale ficar de olho na programação, porque rolam festas e vários eventos interessantes.

 

PRA COMER E BEBER

 

  • HONORATO HAMBURGUERES ARTESANAIS – Ambiente descolado, com boa música e uma ótima carta de hambúrgueres e drinks (com destaque pro Gin Tônica). Servem almoço e jantar, e em algumas noites, têm música ao vivo.

 

  • TIME OUT MARKET LISBOA – Localizado na Região do Cais, em Sodré, surgiu com o conceito de reunir diversos chefs, restaurantes e artistas num mesmo local. Possui 24 restaurantes, oito bares, uma academia, onde é possível participar de cursos de culinária e também há um espaço para shows, palestras, conferências e eventos temáticos.

 

  • MANTEIGARIA – Ir a Portugal e não provar os famosos pastéis de Nata é quase uma ofensa. Eles estão por toda a parte e são das iguarias mais consumidas em Portugal. Muitas vezes o chamamos de Pastel de Belém, mas aprendi que só se chama assim na casa dos Pastéis de Belém, no bairro de Belém, em qualquer outro lugar chama-se Pastel de Nata. Prove. E “prove” de novo. É bem gostoso!

 

  • FÁBRICA COFFEE ROASTERS – Daqueles cafés com ambiente bem hipster que a gente ama. Eles possuem grãos de várias partes do mundo e várias formas de extração de café. Pra “perder”um tempo, dar uma relaxada e jogar conversa fora.

 

  • RESTAURANTE TÁGIDE – Localizado no bairro do Chiado, é um dos mais tradicionais restaurantes portugueses. Comida gostosa (porções muito pequenas, devo dizer) com uma vista maravilhosa.

 

  • OTTO – PIZZA AL MERCATTO – Dos nossos restaurantes favoritos da viagem (isso deixando de lado a “emoção” de o restaurante ter o mesmo nome do meu filho, rs). Localizado ao lado do Time Out Market, serve uma comida italiana deliciosa! Ingredientes frescos e bem preparados. Vale contar pra vocês que o risoto de cogumelos tava surrealmente gostoso. Risoto de cogumelos com mais cogumelos do que arroz?! Sim, temos! Eu amei!

 

  • PENSÃO AMOR – No prédio onde antes funcionava um antigo bordel, hoje é um dos bares mais badalados em Lisboa. A decoração burlesca, as frases eróticas, os desenhos de mulheres nas paredes, as imagens com posições do Kama Sutra, o vermelho predominante, não deixam mesmo muita dúvida sobre o que antes funcionava ali. O bar possui ainda muitos elementos do tempos do cabaré, com enfeites que remetem a luxúria e o prazer. A sala de pole dance, por exemplo, foi mantida. Andando pelos corredores da “casa”, você se depara com uma livraria de livros eróticos e um  sex shop. No último salão funciona um restaurante, com bastante clima de bar. Curioso, cheio de personalidade e animado. Imprescindível a visita!

Foto: Erasmusu

 

  • DUPLEX – A poucos metros da Pensão Amor, andando pela Rua Rosa, fica o Duplex. Bar com petiscos no andar térreo e restaurante  no andar superior. A decoração e o ambiente são super agradáveis, bem cosmopolita. No som ambiente, soul e funk. Os aperitivos que pedimos estavam bem gostosos e os drinks também. Aproveite pra dar uma esticadinha na mesma noite em que for na Pensão Amor.

 

  • PIZZARIA ZERO ZERO Suas pizzas são feitas com produtos oriundos da Itália, são leves e com ingredientes frescos. Pode até soar engraçado, mas dois dos nossos restaurantes favoritos são de gastronomia italiana, rs… Fazer o que né? AMAMOS esse restaurante. A comida é deliciosa! Vale muito a visita!

 

  • GIN LOVERS & LESS – A alguns passos de caminhada da Zero Zero, encontra-se o prédio do centro comercial Embaixada (uma construção belíssima, datada do século XIX), onde funcionam, rodeados de lojas,  o Gin Lovers e o Restaurante Less. O Gin Lovers, como o próprio nome já menciona, é o lugar perfeito pros amantes de Gin. Com uma carta imensa de variedades de gin e bartenders que entendem muito do assunto, você pode se deliciar com as inúmeras variedades do drink, além de poder comprar especiarias e acessórios para reproduzir o seu drink em casa. Fomos a noite, só pra um drink, então acabamos não provando o restaurante. Mas imagino que possa ser um bom combo.

Foto: Os Tais

Devo ressaltar que nenhum comentário sobre vinho foi feito porque eu só passei vontade mesmo, rs. A lactante aqui não tem coragem de beber enquanto amamenta, mas a oferta da minha bebida favorita é bem farta em Portugal. Então se você também aprecia um bom vinho, prepare-se pra ficar com o riso frouxo em muitos momentos da viagem. Pelo menos foi isso que aconteceu com quem viajou comigo, rs…

 

A ideia, quando comecei a escrever esse texto, era concentrar tudo em um só post, mas acabou ficando extenso demais e eu achei melhor separá-lo. Assim, esperem por mais posts sobre Portugal, o país realmente rende experiências muito legais. Em nossa viagem nos concentramos basicamente em Lisboa e região… Nos arredores de Lisboa existem várias cidadezinhas charmosas e cheias de história.  E não dá pra deixar de comentar que visitar a história de Portugal é também visitar a nossa, o que se torna muito curioso e instigante. A parte II vêm logo, logo!

 

Com amor, Mônica

 

FacebookGoogle+Pinterest
Postagem Anterior Próxima Postagem

You Might Also Like

PARA VOCÊ LER TAMBÉM

9 Comentários

  • Responder Mateus Carvalho 04 abr, 2018 at 14:55

    Adorei suas dicas sobre a viagem para Lisboa, estou com muita vontade de ir lá, e suas dicas me deixaram mais instigado ainda. Já tinha lido em algumas revistas de viagem sobre os pontos turísticos, quais lugares não deixar de visitar… seu texto ficou tão original, fiquei com mais vontade ainda de ir logo a Portugal.
    Obrigado por dividir sua experiência conosco e pela forma tão carinhosa que escreve.
    Abraço em toda família!

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 04 jun, 2018 at 10:31

      Obrigada pelo carinho Mateus! Continue nos acompanhando.

  • Responder Fabíola Silveira 04 abr, 2018 at 15:35

    Amei o post!! Sempre tive vontade de conhecer Portugal.
    Acompanhei muito todos os stories que tu postou no instagram durante a viagem e fiquei ainda mais apaixonada pelo lugar.

    Incrível como tuas fotos dão um ar todo especial aos lugares que tu vai.

    Ansiosa pela próxima parte.

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 04 jun, 2018 at 10:31

      Olá Fabíola!
      Obrigada pelo carinho e por ler sempre nossos posts.

  • Responder Adriana dos Santos Ullrich 04 abr, 2018 at 17:48

    Ola!!!
    Show o post e aguardando novos, eu te acompanho no instagram e foi todas as postagem!!
    bjs

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 04 jun, 2018 at 10:30

      Adrina, obrigada pelo carinho.

  • Responder Anne 04 abr, 2018 at 18:09

    Realmente as fotos que fez estão um primor. Morei 2 anos em Lisboa fazendo Mestrado. Deu saudade!!! Beijos!

    • Monica Benini
      Responder Monica Benini 04 jun, 2018 at 10:30

      Obrigada pelo carinho Anne!

  • Responder Anne 04 abr, 2018 at 18:10

    Mônica, abaixo está escrito: Postar COMETARIO sem a letra N. Beijocas

  • Responder